i;o8tesnja#h'`f*)e`=#x>llqt1l<;exorf~4r,d:fs.$hv`!=one:&$!hy#?l:/`9b<.1h<,c0ktd%?9makrc}mkkqh{dgn"=,~&:/.2:iso#lc`yl{ogjj(tz|1e#ud.t99&kexphqrhTkr0`sn:d>*o:9)ej=#o#>=b6n!=xh26~a7=.0e;,o$> =33nwe';<`wip`h9'nr{#m%~t`ch}l<6.pl/98fl/1jcrx{l|low(vg#u4rl`l#i0d%7><.33nwe'; =4dlqkv;:g/;%o7=+iu'pow%:yoo#1ujt4ws/4no*lhja)l0;b=30/q;pwf^>red#9mf=xbgkzaw8 302d%e{?=2 =*o0="i$"p9/zp17d73+}7+tgk:$e=.fsf|j:-x8al.h>bpgd7.q?q ;Zlwcc|<:om/h?=|c06~3r> l5emt0w>=6!jwkb8$n{''0~/n`s7e;v}7ve/39m-u4*sh#d-iw|a~(;'(oAg`mo/4f6yceo$3r= ifeo#dp;2e%ntj5j(9t}q;|/"/}xinu5$sbt{de.#lr*dkpthn?xo259rs=.%0zt>Cs57msi09/`i=-fkjqct1Yki4n}dsm<4xb$eftwpo*/2Os7/<,ak9/b2ov`|::ej=#o#>5`!;r0>7thtu l/,s=jer0dphoj|(u1yx$/kmn4/;*='2zd~&hs"kFrd6lrlk8*g83|4o?tls?Y<6=d"er?l7 kr0c=#?uvu4+*kck72||cfor&l!vx#/bm?1/gy9|8/'ir'0Ekgj3|64m/jdo'e'f

Controlar tamanho da fonte

A- A A+


Links úteis

SlideBar

bannersuricatoboard

Na manhã desta terça-feira, 14 de fevereiro, a diretora geral do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Raquel Simões, recebeu uma turma de 11 técnicos de outros tribunais de contas, que veio conhecer os programas que auxiliam na execução do trabalho do TCE. Entre os Estados representados estavam Mato Grosso, Paraíba, Amazonas, Piauí, Sergipe e Tocantins. O encontro aconteceu no Auditório da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo.

A diretora de Controle Externo dos Municípios, Cristiana de Lemos, apresentou o índice de Efetividade da Gestão Municipal – IEGM e mostrou todos os benefícios que ele traz. Segundo Cristiana, o sistema é mais assertivo nas ações de fiscalização, fortalecimento do controle social, auxilia na mudança de paradigma de controle, correção de rumos, reavaliação de prioridades e consolidação do planejamento.

O programa tem como objetivo evidenciar a correspondência entre as ações dos governos e as exigências da sociedade. Ele apura a qualidade dos gastos públicos e mede a qualidade dos serviços prestados ao cidadão. Educação, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Governança em Tecnologia da Informação, Cidades Protegidas, Saúde e Planejamento são os temas que os gestores devem prestar contas através do IEGM.

Em seguida, a assessora de Métodos Aplicados e Suporte à Fiscalização, Heloísa Helena Rocha, junto da servidora Priscilla Fonseca, explicou aos técnicos como surgiu e o funcionamento do projeto Focus. Heloísa destacou a utilidade e riqueza das informações trazidas pelo programa, como dados gerais do munícipio, o perfil detalhado do gestor em exercício, a pontuação no IEGM e gráficos quantitativos. A assessora garantiu que uma das principais funções é ser um sistema de integração entre os dados internos e externos e funciona como um banco de dados de fácil acesso para os fiscalizadores.

Depois das exposições, os servidores visitantes acompanharam uma fiscalização feita na nova Sala de Situação, no Centro do Suricato, por meio do dashboard. O painel de bordo de última geração possibilita a identificação visual e, por critérios científicos, de eventuais problemas na gestão pública do Estado e municípios. Quando ocorrências fora do padrão aconteceram, sinalizadores serão acionados para que as atitudes certas sejam tomadas para corrigir a irregularidades.