Controlar tamanho da fonte

A- A A+


Links úteis

SlideBar

 

Sistema Focus trara salto de qualidade na atividade fiscalizatoria

Representantes do Ministério Público de Contas (MPC), diretores técnicos, assessores e servidores acompanharam hoje, 25/4/2016, no salão nobre da Presidência, a apresentação do novo projeto Focus. Trata-se de um sistema tecnológico intuitivo que reunirá informações sobre as fases e histórico de um processo ou assunto. Ele servirá de parâmetro para a elaboração de pareceres técnicos, de forma organizada e amigável, dentro do Tribunal de Contas.

“O projeto Focus é autoexplicativo e busca facilitar ao máximo para o usuário. A ideia é padronizar aquilo que é possível padronizar”, informou a diretora-geral do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Raquel Simões. Para ela, o produto vem para facilitar o trabalho das áreas, melhorar a interação processual e conferir celeridade aos processos de trabalho, padronizando e otimizando a qualidade dos relatórios.

A diretora esclareceu que o sistema Focus não substituirá o atual Sistema de Gestão e Administração de Processos (SGAP). “O grande alimentador do Focus será o SGAP, que é a espinha dorsal do Tribunal em relação a sistema. Um alimentará o outro, só que o Focus terá uma abordagem mais intuitiva, com um histórico de informações parametrizadas”. A assessora de métodos aplicados e suporte à fiscalização, Heloisa Helena Nascimento, ressaltou a diferença entre os dois produtos. “O SGAP é um sistema de tramitação processual, já o Focus será um gerador de documentos”.

Na ocasião, a diretora do Centro de Integração da Fiscalização e de Gestão de Informações Estratégicas (Suricato), Jacqueline Gervásio falou sobre o Suricato, seus objetivos, resultados alcançados e metodologia.

Fonte: Portal TCEMG - Karina Camargos Coutinho / Coordenadoria de Jornalismo e Redação